Programa Universitário do Bem: Estado oferece bolsas de estudo para população carente em Catalão

Para participar do processo seletivo é preciso, obrigatoriamente, estar inscrito no CAD Único.

O Governo do Estado - por meio da Organização das Voluntárias de Goias (OVG) - concederá bolsas de estudos universitárias para a comunidade carente em todos os municípios goianos, inclusive Catalão: é o Programa Universitário do Bem, chamado PROBEM. Para participar do processo de seleção, o interessado deve – obrigatoriamente - estar inscrito no Cadastro Único/CadÚnico (sistema que funciona como instrumento de identificação e que caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que sejam contempladas em diversos programas sociais).

Considerando que a inscrição no CadÚnico é requisito para a inscrição e participação nos processos seletivos do PROBEM (Lei Estadual 20.957/2021), o interessado que ainda não esteja inscrito no CadÚnico deve fazê-lo até a data de 31/05/2021. A fixação do prazo faz-se necessária devido a consolidação dos dados e o tempo necessários para as informações repassadas ao sistema possam ser validadas com segurança e assertividade, no processo seletivo.

Portanto, atenção às datas e prazos: embora o período de inscrições para o PROBEM seja aberto apenas no próximo mês (25/06/2021) e se estenda até o dia 09 de Julho, o prazo para inscrição no cadastro Único se encerra já na próxima semana, dia 31 de maio (segunda-feira). Portanto, se o interessado ainda não está inscrito no CadÚnico é preciso correr.  

O PROGRAMA

O Programa Universitário do Bem (ProBem) representa a oportunidade de acesso para milhares de jovens, em situação de vulnerabilidade social, a bolsas de estudos integrais e parciais para a primeira graduação em Instituições de Ensino Superior privadas ou públicas não gratuitas localizadas no Estado de Goiás.

As bolsas parciais correspondem à 50% (cinquenta por cento) do valor da mensalidade limitados a R$ 650,00 (seiscentos e cinquenta reais). Já as integrais correspondem a 100% (cem por cento) do valor da mensalidade limitados a R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais).  As bolsas concedidas aos estudantes que cursam Medicina ou Odontologia terão seus limites maiores, R$ 2.900,00 (dois mil e novecentos reais) para parciais e R$ 5.800,00 (cinco mil e oitocentos reais) para integrais, pois os valores das mensalidades são superiores aos dos outros cursos.

Sobre as inscrições:

O Programa Universitário do Bem (ProBem) está com edital aberto para cinco mil bolsas oferecidas para estudantes universitários em situação de vulnerabilidade social de todos os 246 municípios goianos. Os candidatos devem acessar e ler atentamente o Edital do Processo Seletivo 2021/1.

Em Catalão, aqueles que não são inscritos no Cadastro Único do Governo Federal devem procurar a Secretaria de Promoção e Ação Social, para se inscrever até o dia 31 de maio. É preciso agendar o atendimento antecipadamente (data e horário) por telefone: 3411-6904.

A abertura das inscrições para as bolsas do ProBem está prevista para o dia 25 do mês que vem e o resultado definitivo dos primeiros bolsistas selecionados pelo Programa será publicado no dia 26 de julho. Os estudantes contemplados vão receber o benefício no segundo semestre deste ano.

  • Para participar, o candidato precisa:

Residir no Estado de Goiás

Estar inscrito no Cadastro Único

Estar matriculado em curso de graduação presencial em instituição de ensino superior cadastrada. As aulas on-line em virtude da pandemia não são consideradas ensino à distância (EAD)

Não frequentar curso superior à distância, semipresencial ou EAD

Não ter condições financeiras, ou seja, que se encontra em situação de vulnerabilidade atestado pelo indicador multidimensional de pobreza

Estar cursando a primeira graduação

  • Critérios de seleção:

A seleção dos candidatos é realizada a partir de análise multidimensional da pobreza. Para tanto será utilizado o Índice Multidimensional de Carências das Famílias Ampliado (IMCF-A), construído com base nas diversas vulnerabilidades das famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

Os candidatos serão classificados em ordem decrescente, conforme valor do índice, considerando as seguintes dimensões: –

– Restrições de acesso ao trabalho e renda;

– Falta de acesso ao conhecimento e escolaridade;

– Escassez de recursos (privações de acesso a bens e serviços necessários às famílias);

– Carências habitacionais (condições de moradia).

ASCOM – Prefeitura de Catalão.