Vulnerabilidade social: Em apenas um mês, Prefeitura entregou quase mil cestas básicas para famílias afetadas pela pandemia

Em meio à pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Catalão, por meio da Secretaria de Promoção e Ação Social, ampliou o programa de concessão do benefício da cesta básica para contemplar famílias que foram afetadas, financeiramente, com a paralisação de algumas atividades econômicas durante o combate à Covid-19.

Só neste mês de março, a administração municipal realizou cerca de 1.300 atendimentos/solicitações do benefício e entregou mais de 900 cestas básicas. De acordo com a Secretária de Ação Social de Catalão, Adriete Elias, tudo foi feito por meio de cadastro e entrevista para comprovar a real necessidade do solicitante.

Ainda de acordo com Adriete, outros atendimentos importantes foram realizados: custeio pela Ação Social de 30 funerais de pessoas carentes e também apoio no cadastro para recebimento do Auxílio Emergencial. “A pandemia afetou diretamente a vida do trabalhador, principalmente o autônomo. Com o isolamento social, muitos não tiveram como trabalhar, e assim, faltou comida na mesa. Por isso, o Governo Municipal se empenhou em continuar auxiliando o maior número de famílias e, claro, aquelas verdadeiramente necessitadas”, explicou.

Durante o período de medidas mais rígidas e restritivas no combate à Covid-19, a Ação Social não paralisou as atividades e trabalhou, inclusive, com horário estendido - tomando todos os cuidados necessários para garantir a segurança de seus servidores e da população atendida.

Quem precisar de auxílio deverá entrar em contato por meio do telefone 3441-3178. Após agendamento, a pessoa será atendida pelas assistentes sociais, na sede da Secretaria de Promoção e Ação Social, das 08h às 17 horas (sem intervalo para almoço). Os documentos pessoais exigidos para o recadastramento são: RG, CPF, Comprovante de endereço e título de eleitor.

Essa é a Prefeitura de Catalão. Cidade que Sonha e Faz!

ASCOM – Prefeitura de Catalão.