Secretário de Estado de Cultura visita Catalão e discute interiorização da Cultura

O Secretário de Cultura do Estado de Goiás, Edival Lourenço, esteve em Catalão nesta quinta-feira (16) quando foi recebido pelo Prefeito Adib Elias. A visita teve como objetivo tratar do projeto de interiorização da cultura. O encontro foi intermediado pela Fundação Cultural Maria das Dores Campos e trouxe para cá representantes de municípios vizinhos.

A reunião aconteceu no auditório da Prefeitura de Catalão. Além de artistas e pessoas ligadas à cultura local, as cidades de Ouvidor, Três Ranchos, Nova Aurora, Anhanguera, Cumari e Campo Alegre de Goiás foram representadas.

Segundo o Secretário de Estado de Cultura, Edival Lourenço, a proposta de interiorização é focar mesmo nas cidades do interior e no investimento nos projetos e talentos locais. Além de criar um ambiente de troca de conhecimento e dar um novo aspecto de efervescência cultural ao estado. “Que os rincões possam perceber que o estado está chegando lá, por meio de suas ações culturais. Não será só levar pessoas daqui para se apresentar no interior, mas integrá-los com os artistas locais. A intenção é criar um calendário do interior”, explicou.

Na pauta das atividades neste encontro estavam a exposição verbal sobre a situação cultural de cada município presente e de suas vocações artísticas e culturais; apresentação do plano da gerência de interiorização da cultura, bem como a articulação de ações culturais compartilhadas e projetos consorciados dos municípios da região. O bate papo foi mediado pelo gerente de Interiorização da Cultura do Estado de Goiás, Mauri de Castro.

Para a Presidente da Fundação Cultural Maria das Dores Campos, Patrícia Castro, a ocasião por si só já é motivo de se comemorar pois indica que haverá realmente o resgate da cultura, a chegada de investimentos para a área, bem como a valorização do setor cultural para a cidade e região. “O sentimento é de felicidade, de dever em vias de ser cumprido. Receber o secretário de estado aqui e sua equipe é estreitar laços e ampliar o leque de atividades e manifestações culturais. É a oportunidade de aprimorar, formar melhor nossos agentes culturais para que a partir da criação de projetos possamos conhecer melhor os caminhos para buscar verbas, e recursos financeiros a nível estadual, federal e até internacional. Isso é importante, viabilizar mecanismos para fazer crescer nossa cultura”, ressaltou a Presidente da Fundação Cultural Maria das Dores Campos, Patrícia Castro.

De acordo com o Prefeito Adib Elias, “a ideia é unir forças para produzir cultura, trazer a intelectualidade para a nossa cidade e nosso povo. Tenho certeza absoluta que vamos construir grandes projetos juntos e serei um defensor da cultura porque sou entendedor que a cultura é prioridade pra gente fazer de Goiás um dos estado mais importantes do país”.

ASCOM – Prefeitura de Catalão