Projeto de Arborização: Prefeitura lançará nesta quinta-feira Programa de Plantio de Árvores em Catalão

A Prefeitura de Catalão por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMAC) lançará amanhã, dia 03 de Outubro, mais um importante projeto que promete impactar positivamente e trazer inúmeros benefícios para a vida de toda população: é o Programa de Plantio de Árvores. Uma solenidade para apresentação do mesmo está marcada para acontecer às 10 horas, no Auditório na sede do Poder Executivo. A comunidade é convidada a participar.

O Programa tem por objetivo, realizar o plantio de árvores no Município de Catalão, em acordo com as diretrizes da INSTRUÇÃO NORMATIVA SEMMAC 003 DE 20 DE JULHO DE 2018, que dispõe sobre o Plano de Arborização Urbana.

Esses novos plantios serão feitos, prioritariamente, em locais onde haja solicitação da comunidade ou do morador. Primeiramente o cidadão interessado deverá comparecer à Secretaria de Meio Ambiente e manifestar o desejo por meio de uma ficha básica de inscrição. O pedido será avaliado bem como todas as condições do local, pois os plantios serão realizados dentro de uma nova concepção onde será feita uma arborização planejada, colocando espécies adequadas para cada área, verificando a largura de rua e calçada, existência de fiação aérea de distribuição de energia elétrica, de telefonia e multisserviços, rede subterrânea de água e esgoto e existência de outros equipamentos públicos, como: semáforos, iluminação pública, postes, pontos de ônibus, totem, entrada de garagem, dentre outros.

O programa será divido em duas etapas. A primeira teve início no último mês (setembro) e segue daqui para frente. Posteriormente (segunda etapa), os plantios serão realizados em praças, parques, jardins, canteiros centrais de ruas e avenidas.

Vale lembrar que a escolha da espécie a ser plantada na frente da residência e a permissão do plantio da muda, deverão ser feitos com auxílio técnico da SEMMAC. Ao receber a muda plantada em frente à residência (todo serviço será executado pelo município), o cidadão assinará um termo de compromisso garantindo que cuidará do exemplar seguindo todas as normas técnicas apresentadas por meio de um folheto explicativo.

De acordo com a SEMMAC, inicialmente serão plantadas aproximadamente 2.700 mudas distribuídas nos logradouros públicos e nas calçadas das residências. O custo de plantio e acompanhamento será de R$ 14,77 (tendo a muda cedida pela SEMMAC, ou seja, sem custo para a população. Valor a ser arcado pelo município).

Entenda:

A arborização é um serviço público tão essencial quanto o abastecimento de água, o sistema de esgoto, a distribuição de energia elétrica, e outros, com a diferença de que se trata de um ser vivo.

Pretende-se, com este trabalho expandir a arborização de Catalão de forma planejada para qualificar o manejo da mesma. Uma vez que, a presença de árvores traz contribuições significativas na melhoria da qualidade do ambiente urbano, promovendo a purificação do ar melhoria do microclima da cidade, pela retenção de umidade do solo e do ar e pela geração de sombra, evitando que os raios solares incidam diretamente sobre as pessoas; a redução na velocidade do vento; a influência no balanço hídrico, favorecendo infiltração da água no solo e provocando evapotranspiração mais lenta; o abrigo à fauna, propiciando uma variedade maior de espécies, consequentemente influenciando positivamente para um maior equilíbrio das cadeias alimentares e diminuição de pragas e agentes vetores de doenças; o amortecimento de ventos e ruídos; dentre outros.

A arborização é essencial na composição do verde urbano, desempenhando importante papel na manutenção da qualidade ambiental das cidades e, portanto, da qualidade de vida dos cidadãos. Dentre os impactos ambientais positivos decorrentes da implantação adequada arborização no meio urbano, pode-se citar:

  • Estabilização microclimática e redução das ilhas de calor;
  • Redução da poluição atmosférica, através da retenção de material particulado em suspensão- ruas bem arborizadas, pode reter até 70% da poeira em suspensão (SATTLER, 1992);
  • Redução da poluição sonora;
  • Sombreamento;
  • Proteção contra a ação dos ventos;
  • Criação de alimento, abrigo e local de nidificação para as diversas espécies da fauna silvestre;
  • Criação de corredores ecológicos para a fauna em geral;
  • Aprimoramento a paisagem urbana;
  • Contribuição para o controle de enchentes e inundações à medida que melhora as condições de drenagem das águas pluviais por meio da abertura de áreas permeáveis adequadas;
  • Redução dos problemas de erosão e assoreamento;
  • Valorização de imóveis, através da sua qualificação ambiental e paisagística;
  • Contribuição para o equilíbrio mental e físico do homem, através da aproximação e contato com o meio natural;
  • Melhoria do ciclo hidrológico.

Para que o programa obtenha sucesso, alguns quesitos importantes serão analisados:

  • Escolha de espécies arbóreas mais rústicas e resistentes às condições urbanas;
  • Fazer boa cova e adubação adequada;
  • Observar a largura e uso dos passeios, em calçadas muito estreitas e em locais de uso comercial intenso, o melhor é evitar o plantio;
  • Plantar árvores compatíveis com os espaços físicos determinados a elas;
  • Dar preferências a espécies nativas da região;
  • Um bom plano de manejo.

Sobre o plantio em logradouros públicos:

Objetivando o plantio de mudas também em logradouros públicos, a SEMMAC fez um levantamento preliminar para definição de áreas prioritárias de plantio na cidade, como canteiros de avenidas, praças, áreas públicas e áreas verdes, tais como:

  • Avenida Eurípedes da Silva Sales, Bairro São Francisco;
  • Avenida X, Bairro Santa Cruz;
  • Avenida Vera Cruz, Bairro Vila Chaud;
  • Avenida Maria Marcelina, Bairro: Ipanema;
  • Avenida Presidente Médici, Bairro: Santa Cruz;
  • Avenida Gerson Barbosa, Bairro: Santa Cruz e Universitário;
  • Avenida Jk – Bairro: Das Américas;
  • Avenida Niterói, Bairro: Setor Aeroporto;
  • Avenida Guanabara, Bairro: Setor Aeroporto;
  • Rua 125, Bairro: Setor Aeroporto;
  • Avenida Raulina Fonseca Pascoal, Bairro: Setor Central;
  • Campo de Futebol, Bairro: Vila Mutirão;
  • Campo de Futebol – Alberto Mendes, Bairro: Das Américas;
  • Ginásio de esporte Teófilo J. da Silva, Bairro: Das Américas;
  • Pátio do Ginásio Internacional;
  • Margens da Estrada de Férreo;
  • Avenida Max Margon, Próximo a Unimed – Saída para Goiandira/GO
  • Saída para Goiandira/GO.

De acordo com o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Silas José Tristão, o plantio de árvores é uma das alternativas mais simples e benéficas para reverter os impactos ambientais já causados pelo homem na natureza. Segundo ele, o retorno desta atividade é sentido rapidamente e o investimento é muito pequeno, se comparado às inovações tecnologias que prometem o mesmo efeito. “São inúmeros os benefícios trazidos com a presença de árvores no espaço urbano, logo contamos com a colaboração de todos para aumentar a quantidade de árvores e espaços verdes florestados na Cidade de Catalão”, ressaltou.

  • O período ideal para o plantio deve coincidir com o início do período chuvoso, garantindo assim, a sobrevivência da muda.

Essa é a Prefeitura de Catalão. Cidade que Sonha e Faz!

ASCOM – Prefeitura de Catalão