Prefeitura constrói e entrega sede própria da Academia Catalana de Letras

Foram cinco meses de obras e um investimento de mais de R$ 250 mil com recursos do município.

Quem vive em Catalão já reparou a quantidade de bens públicos que foram reformados e construídos na cidade. As obras transformaram e devolveram a beleza ímpar do nosso município. A gestão com responsabilidade e a arte de administrar bem estão evidentes por todos os lados. Prova disso e um exemplo claro, é o prédio da Academia Catalana de Letras: erguido e entregue oficialmente pela Prefeitura de Catalão na noite desta quinta-feira (07).

A cerimônia foi restrita em função da pandemia do coronavírus. Todos os cuidados foram tomados com aqueles que participaram: autoridades políticas e membros da instituição. A ideia foi apenas marcar o momento de grande e histórica importância.

Ulysses Rocha Filho que ocupa uma das cadeiras dentro da Academia Catalana de Letras discursou em nome dos demais imortais da instituição. Ele lembrou dos 47 anos da Academia e o fato de que durante todo esse tempo sonhavam com uma sede própria. “Nós nos reuníamos, nos encontrávamos e tínhamos como espaço para a academia uma sala apenas, um quartinho pequeno e antigo. Hoje vendo essa estrutura, sabendo que temos um endereço próprio, percebemos que a cultura, a educação e a arte são valorizados. Só temos a agradecer a essa administração e ao Prefeito Adib Elias por nos conceder tudo isso. A Academia Catalana de Letras ganha e toda a população também. Agora temos condições, de fato, de desenvolver nossos projetos e trazer a comunidade para perto, para fazer parte. E o melhor, com conforto e uma estrutura muito bem elaborada”, disse ele.

Para o Prefeito Adib Elias, o compromisso da atual administração foi muito mais do que conceder um endereço próprio. Mas, principalmente dar a essa tão nobre instituição uma estrutura à altura do trabalho que ela presta perante a sociedade.

Durante a cerimônia de entrega e inauguração do espaço foram lembrados cada um dos membros, entre eles, o Presidente da Academia Catalana de Letras, Luis Estevam que por motivos de saúde não pôde estar presente. Houve um minuto de silêncio em memória e homenagem ao então vice-presidente, Marco Bueno, que faleceu recentemente.

Sobra as obras e estrutura

O novo prédio (construído e doado pelo município) está localizado entre a Biblioteca Digital e a Justiça/Vara do Trabalho, na Av. Farid Miguel Safatle, no centro de Catalão. Foram rápidos seis meses de obras. A estrutura totalmente pronta conta com recepção, sala de aula para 30 alunos, cozinha, biblioteca, escritório, sala de reuniões e dois banheiros com acessibilidade. Portas internas em madeira, piso em granitina, esquadrias de alumínio com vidro fumê por toda a edificação, iluminação com lâmpadas fluorescentes e revestimento cerâmico nos banheiros. Ao todo 175 m² de área construída e um investimento de R$ 258.822,23 por parte da Prefeitura.

Sobre a Academia

Fundada em Catalão pelo escritor Cornélio Ramos em 23 de junho de 1973, ou seja, há 46 anos, a Academia Catalana de Letras ainda não possuia seu espaço próprio e ultimamente funcionava num imóvel cedido pelo município (por meio de comodato) na Avenida João XXIII. O antigo prédio da Academia de Letras foi desocupado e, no mesmo local, já está em andamento as obras de construção do IPASC e Pró Saúde.

Essa é a Prefeitura de Catalão. Cidade que Sonha e Faz!

ASCOM – Prefeitura de Catalão.