Catalão é medalha de Ouro na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa

Aluna da rede municipal conquistou 1º lugar na competição nacional.

Após passar pelas etapas municipais, estaduais e regionais, a estudante Beatriz Pereira Rodrigues, 13 anos, do 8° ano, da Escola Municipal Nilda Margon Vaz, localizada no bairro Castelo Branco, em Catalão, conquistou o primeiro lugar na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Entre cerca de 86 mil textos de estudantes da rede pública de ensino de todo o país, Beatriz foi medalha de ouro em “Crônica”.

Ela venceu a categoria, para alunos do 8º e 9º do ensino fundamental. A redação da estudante seguiu a proposta do concurso que teve como objetivo utilizar e estimular as habilidades de escrita abordando como tema central a comunidade onde os alunos vivem. “O apanhador de acalantos”, texto produzido pela aluna, narra, em primeira pessoa, a experiência, percepções e emoções vividas por ela numa visita à feira livre da cidade.

Como prêmio, por chegar à fase final, a estudante recebeu medalha e viagem cultural para uma cidade brasileira. A professora Vânia Rodrigues Ribeiro recebeu medalha e uma semana de imersão pedagógica internacional. Já a escola, além de uma placa de homenagem foi contemplada com acervo para a biblioteca.

A cerimônia de premiação aconteceu na noite desta segunda-feira (9), na Sala São Paulo, situada na praça Júlio Prestes, 16, em São Paulo. O cantor e compositor Lenine fez o show de abertura do evento, que foi transmitido ao vivo pelo Canal Futura.

A conquista de Beatriz e a placa recebida pela Escola vão além do que simples premiações, pois além de levar um pouco da história de Catalão para o resto do país, demonstram que a educação pública municipal, consegue estabelecer níveis de qualidade competitivos com todo o Brasil.  “Há várias mãos que direta e/ou indiretamente contribuíram para que pudéssemos conquistar esta vitória. Além desta medalha de ouro na Olimpíada de Língua Portuguesa, conquistamos também recentemente uma medalha de ouro e duas de bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática, além de várias menções honrosas. Tivemos também um desenho feito por uma aluna nossa que foi escolhido para representar internacionalmente o Lions Clube do Brasil. Neste ano também, dos 12 prêmios possíveis no Agrinho da região leste (conta com municípios desde Formosa, passando pelos municípios do entorno de Brasília e ainda a nossa região sudeste) conquistamos 6, ou seja 50%. Também fomos premiados recentemente na Feira de Ciências da UFCat [Universidade Federal de Catalão]. Enfim, estamos conseguindo projetar a educação municipal além-fronteiras. Tudo isto graças ao trabalho de uma grande equipe formada pelos professores, merendeiras, auxiliares de serviço, alunos e familiares, secretaria de educação, vários setores e secretarias da Prefeitura, tudo com a regência maior do nosso Prefeito. Portanto é uma vitória coletiva”, destacou o secretário Municipal de Educação, Leonardo Santa Cecília.

Sobre a Olimpíada:

A Olimpíada, um concurso bienal de produção de textos, é destinada a alunos matriculados em escolas públicas de todo o país. As categorias são poema, para estudantes do 5º ano do ensino fundamental, memórias literárias (6º e 7º do ensino fundamental), crônica (8º e 9º do ensino fundamental), documentário (1º e 2º ano do ensino médio) e artigo de opinião (3º ano do ensino médio). Nesta edição, a competição escolheu como tema ‘O Lugar Onde Vivo’, como forma de valorizar a interação entre os estudantes e seus territórios.

As 20 melhores produções estudantis foram premiadas. Foram quatro vencedores escolhidos para cada uma das cinco categorias do concurso nacional: Crônica, Memórias Literárias, Poema, Documentário e Artigo de Opinião.

Participaram da competição 42.086 escolas de 4.876 municípios brasileiros. Os alunos inscreveram 171.035 trabalhos orientados por 85.908 professores.

A Olimpíada é realizada pela Fundação Itaú Social e Ministério da Educação (MEC), e coordenada pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). Ainda tem parcerias com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) e Canal Futura.

ASCOM – Prefeitura de Catalão